Joaquim Barbosa diz que não será candidato à Presidência


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa disse que não será candidato à Presidência, como cogitam alguns políticos. “Não serei candidato a presidente. Realmente não quero. É lançar-se, expor-se, a um apedrejamento”, disse o ministro. Barbosa afirmou que não tem planos de entrar para a carreira política. “Não me vejo fazendo isso. O jogo da política é muito pesado, muito sujo. Estou só assistindo a essa movimentação”, afirmou.

Pesquisa Datafolha feita no mês passado mostrou que Joaquim Barbosa e Marina Silva (PSB) poderiam levar a eleição presidencial para o segundo turno. Barbosa teria 14% dos votos, dois pontos acima do candidato tucano, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), segundo o Datafolha. Marina ficaria com 17% dos votos num cenário em que a presidente Dilma Rousseff lidera com 40%.