Redes Sociais oferecem perigo para os candidatos na eleição

Por Túlio Lemos

A onda de boatos que se alastra nas redes sociais, especialmente em grupos fechados de internet, como WattsApp, em que portadores de smartphones trocam informações, gravações de áudio e vídeo, é um grande perigo para a campanha eleitoral. 

PERIGO II 

Como as informações são passadas internamente, o caso foge ao controle das autoridades. Combater boato é como enxugar gelo, tarefa inglória para os candidatos majoritários, que não saberão de onde nasceu.