Carreira solo volta a virar moda no forró


Deu no site Dicumforça, um dos sites mais respeitados do mundo do forro:

O forró, após muito tempo vivendo do troca-troca de vocalistas entre os grupos musicais, revive a onda de lançamento de carreiras solo. Em meados de 2000, uma avalanche de saída de cantores das grandes bandas para seguir um projeto próprio tomou conta do ritmo. São exemplos Aduilio Mendes, no Mastruz com Leite, Walkyria Santos, na Magníficos, e Daniel Diau, da Calcinha Preta. Ambos terminaram fazendo o caminho de volta. Agora, a moda volta a pegar e o número de lançamentos de artistas não para. 

Os casos mais recente: Batista Lima, um dos principais cantores da Limão com Mel anunciou que vai seguir carreira de solo de agora em diante. Outro vocalista que iniciará projeto carreira solo é Romin Mata do Forró Estourado. No próximo dia 31, Taty Girl inicia sua nova fase em Teresina, agora totalmente independente. Recentemente, Monique Pessoa, ex-Sacode e Iohannes Cavalcante, ex-Curtição, também enveredaram pelo projeto próprio.

Também são destaques no caminho solo, Juarez Junior, ex-Magníficos, Felipe Lemos, ex-Muído; Bete Nascimento, ex Mastruz com Leite e o maior estouro de todos os que se arriscaram por este caminho, as Coleguinhas Simone e Simaria. Vale destacar também o jovem Gabriel Diniz. 

Quem começou esse movimento há dois anos foi Wesley Safadão, quando passou a se desvincular do nome Garota Safada e, ao mesmo tempo, começou a reunir artistas ao seu redor onde o nome passou a valer mais do que o da própria banda. Hoje é assim com Samyra Show (Forró 100%) e Márcia Felipe (Curtição), além de Gabriel Diniz, já citado na matéria, sendo o mais promissor produto da WS Produções. 

Nos próximos meses, como já se especula nos bastidores do forró, novos lançamentos devem ocorrer e com nomes de peso como Batista Lima, da Limão com Mel, e Mara Pavanely, Furacão do Forró.