Facebook não está morto para os jovens, diz estudo



Os jovens estão deixando o Facebook? Parece que ainda não. Antecipado pelo Wall Street Journal, um estudo da Forrester Research que sai na próxima terça aponta que a rede social ainda é a preferida de grande parte dos adolescentes. A pesquisa é assinada por Nate Elliott e Gina Fleming. Nela, cerca de metade dos 4.517 jovens entre 12 e 17 anos entrevistados afirmaram usar mais o Facebook hoje do que há um ano. E 28% dos adolescentes confirmaram que estão conectados ao serviço online em tempo integral. 

A nova pesquisa vem na contramão de outros estudos divulgados recentemente. Em outubro, um trabalho publicado pela consultoria Pipper Jaffray apontava que apenas 23% dos jovens consideravam o Facebook o site mais importante – contra 42% no mesmo período do ano anterior.