Presidente Dilma é vaiada e ofendida na final da Copa no Maracanã


Veja - Pelo menos em dois momentos a presidente Dilma Rousseff foi bastante vaiada nesse domingo no Maracanã. Na primeira vez, logo ao terminar o jogo em que a Alemanha venceu a Argentina, a imagem da presidente apareceu no telão e ocorreu a primeira vaia. Pouco depois de terminar a partida, quando o técnico argentino Alejandro Sabella a cumprimentou na tribuna, as manifestações subiram de volume e também teve início o mesmo xingamento que ocorreu em São Paulo, na festa de abertura, dia 12 de junho. 

As vaias se repetiram quando a delegação alemã foi cumprimentada pela presidente, protocolarmente, mas aí as imagens apareceram menos vezes no telão. A transmissão oficial também deixou de mostrar a invasão de um torcedor ao gramado, seminu, que tentou agarrar jogadores alemães, no segundo tempo do jogo.