Sócio da TelexFree é candidato a deputado federal

Acusado de ser coautor de um dos maiores golpes de pirâmide financeira da história, o empresário Carlos Roberto Costa, diretor e sócio da capixaba Ympactus Comercial, a Telexfree brasileira, é candidato ao cargo de deputado federal pelo Partido Republicano Progressista (PRP).

Costa, que é alvo de uma ação civil pública no Acre e de um inquérito criminal no Espírito Santo por crime contra a economia popular, declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ter mais de R$ 13,5 milhões em patrimônio. Com isso, ele é um dos candidatos mais ricos desta disputa eleitoral. Não consta na Justiça Eleitoral quanto ele pretende gastar nestas eleições.

Nos Estados Unidos, ele é apontado como o idealizador da fraude que ultrapassou fronteiras e pode ter movimentado US$ 1,2 bilhão (cerca de R$ 3 bilhões).