Garibaldi sobre Robinson: “Quem fez um poço só não pode ser governador”


O ministro da Previdência, senador Garibaldi Filho, disse que o candidato do PSD Robinson Faria não “pode ser governador com a péssima gestão como secretário de Recursos Hídricos, tendo feito apenas um poço quando poderia ter feito muito mais”. “O vice-governador não tem como explicar a péssima gestão na Secretaria de Recursos Hídricos e não tem como pedir o voto do eleitor potiguar tendo feito apenas um poço”, diz Garibaldi. 

Robinson Faria foi secretário de Recursos Hídricos durante 10 meses no ano de 2011, acumulando a função com a de vice-governador. Nesse período, teve um dos maiores orçamentos para a pasta de Recursos Hídricos dos últimos anos: R$ 542 milhões. Contudo, o desempenho foi considerado pífio por especialistas como o professor da UFRN, João Abner. Dos 400 poços colocados como meta no orçamento de 2011, apenas um foi perfurado pela gestão Robinson Faria. A “sorteada” foi uma comunidade em Nísia Floresta, longe do semiárido potiguar.