Robinson encontrou Estado com dívidas de R$ 610 milhões; Rosalba assumiu em 2011 com R$ 850 milhões


Todos os secretários do Governo do Rio Grande do Norte se reuniram hoje (14), no Auditório da Escola de Governo, para tomar conhecimento sobre o relatório de Diagnóstico Fiscal elaborado pela Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan). O Governo encontrou o Estado com dívidas que ultrapassam os R$ 610 milhões.

Quando Rosalba Ciarlini assumiu o governo potiguar, em 2011, encontrou débitos que, somente com fornecedores, superavam R$ 850 milhões, além de planos de carreira aprovados sem previsão orçamentária.