Caixa-preta indica que copiloto derrubou avião propositalmente na França


A promotoria francesa que coordena a investigação da queda do airbus A320, da Germanwings, nos Alpes franceses informou que a tragédia foi provocada propositalmente. A gravação da caixa-preta indica que o piloto foi trancado fora da cabine e que o copiloto, identificado com Andreas Lubitz, alemão, acelerou a descida. As autoridades vão agora investigar se foi ou não um ato de terrorismo. Os 150 ocupantes do avião morreram.