Em vídeo gravado dentro de Alcaçuz, presos do PCC explicam exigências e atentados


Os presos de Alcaçuz, a maior penitenciária estadual do Rio Grande do Norte, gravaram um vídeo, nesta segunda-feira (16), explicando os motivos pelos quais eles estão rebelados. De acordo com os detentos, caso as exigências não sejam atendidas, onda de violência vai continuar.

No vídeo, os presos que não se identificam falam que estão revoltados pelas condições nos presídios. Eles criticam a justiça pela demora em liberar presos que já teriam direito de sair, bem como pede a saída de Dinorá Simas, diretora de Alcaçuz. Veja o vídeo: