Ex-candidato à Presidência Levy Fidelix é condenado a pagar R$ 1 milhão por declarações homofóbicas


O ex-candidato à Presidência Levy Fidelix (PRTB) foi condenado a pagar uma multa de R$ 1 milhão em ação dor danos morais movida por movimento LGBT. A condenação foi feita pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. As informações são do Jornal Extra.

Durante debate na Rede Record, durante as eleições do ano passado, Levy não reconheceu os direitos de casais homossexuais. Ele disse que “dois iguais não fazem filho” e que “aparelho excretor não reproduz”.

A sentença diz que o dinheiro será revertido para ações de promoção da igualdade da população LGBT.