Governo Dilma tem 62% de reprovação, revela Datafolha



Em meio à crise econômica, escândalos envolvendo a Petrobras e a três meses no novo mandato, a presidente Dilma Rousseff atingiu a mais alta taxa de reprovação de um mandatário desde setembro 1992, vespera do impeachment do então presidente Collor, que chegou a 68%.


A pesquisa Datafolha, publicada pelo jornal Folha de São Paulo, aponta que que 62% dos brasileiros consideram a gestão de Dilma ruim ou péssima. O índice de reprovação do seu governo aumentou 18 pontos em relação a fevereiro.