Inocentado, Henrique deve assumir o Ministério do Turismo


O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, conseguiu o que já esperava desde o início das investigações da operação Sinal Fechado: ficar de fora da lista de acusados do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. 

Janot recomentou hoje o arquivamento da denúncia contra Henrique. Esse era o único empecilho para Henrique ainda não ter assumido o Ministério do Turismo. Ou seja, agora o peemedebista tem o caminho livre para assumir a pasta. O novo entrave é interno para tirar o atual ministro Vinicius Lages, mas alguns consideram que ele estava apenas esquentando a cadeira para Henrique, já que Henrique tem o apoio do PMDB para ficar no lugar.

Marcos Dantas