Jornal divulga documentos e diz que CBF 'vendeu' a seleção brasileira


São Paulo - A CBF está envolvida em mais um escândalo. O jornal 'Estadão' publicou, neste sábado, uma matéria que revelando detalhes dos contratos entre a entidade máxima do futebol brasileiro e a empresa Internacional Sports Events (ISE), com sede nas Ilhas Cayman, responsável por marcar os amistosos da Canarinha desde 2006.

De acordo com o repórter Jamil Chade, os jogadores convocados precisam se enquadrar em uma lista de 'critérios', como por exemplo: valor de marketing. Até as substituições por cortes de lesões teriam que atender aos interesses dos empresários.

A CBF teria feito estes acordos ainda na gestão de Ricardo Teixeira, que teve o 'cuidado' de se associar com empresas em paraísos fiscais para driblar os agentes da Receita Federal brasileira.

Leia a reportagem completa (clique aqui)