Ciclo chuvoso já é tido como encerrado e Seridó sofre com quarto ano seguido de seca


Somente no fim do mês de agosto, será possível delinear o cenário climatológico para o ano de 2016. Isto porque, entre os meses de julho e agosto, o fenômeno El Niño sinaliza se perderá força ou se se manterá instalado. De acordo com o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, é neste período que ocorre o “auge” do fenômeno. “A decaída do El Niño geraria mais normalidade para 2016. É isto o que esperamos, mas somente podemos afirmar ao final de agosto”, comentou o meteorologista.

No interior do Rio Grande do Norte, segundo a Emparn, o ciclo chuvoso já é tido como encerrado e o El Niño está estabelecido. Sobre o ano de 2015, o meteorologista afirmou que a quadra chuvosa foi considerada dentro das previsões, com regularidades em alguns locais e irregularidade em outras.