Brasília: Diária do Prefeito de Acari é 40,85% menor do que a do presidente da Câmara



Em tempos de crise, enquanto o prefeito de Acari, Isaias Cabral (PMDB), viaja a Brasília recebendo uma diária de R$ 360,00 (trezentos e sessenta reais), o presidente da Câmara, Leó Ferreira (PR), recebe R$ 608,58 (seiscentos e oito reais e cinquenta e oito centavos). Ambos viajaram à capital federal esta semana para uma reunião com o ministro da Integração Nacional, a fim de reivindicar a liberação de recursos para a obra da adutora de engate rápido. Na prática, por dia, o prefeito Isaias economizou 40,85% em relação ao presidente da Câmara Leó.

Ainda falando sobre economia, a diária do prefeito Isaias Cabral numa viagem a Brasília é 36,3% menor do que a de um vereador comum, que totaliza R$ 565,11 (quinhentos e sessenta e cinco reais e onze centavos). Além de Leó, participaram da viagem oficial à capital federal os vereadores Albervânia Medeiros (PR), Bada Lima (PMDB), Rodrigues de Naldo (PMDB), Nenilvan Rodrigues (PSB) e Marineide Alves (PMDB).

De acordo com a prestação de contas da Câmara Municipal de Acari, a despesa total dos seis vereadores - somando passagens e diárias - foi de R$ 15.903,33 (quinze mil, novecentos e três reais e trinta e três centavos).

Contenção de despesas

No primeiro mês de administração, em 2013, o prefeito Isaias Cabral, preocupado em realizar uma contenção de despesas, assinou um decreto baixando o valor de todas as diárias da Prefeitura de Acari. Porém, tal atitude não foi tomada pela Câmara, que insiste em manter um orçamento de diárias bem superior ao do Executivo.