Enquanto país enfrenta crise, senadores recebem novos automóveis


Com essa, não há ajuste fiscal que resista. Em meio a uma forte crise financeira que assola todo o país, diante da notícia do aumento de impostos e do corte em programas sociais por parte do governo federal, que tenta reequilibrar com “remédios amargos” a combalidade economia brasileira, o Senado decidiu renovar a frota de carros que atendem aos parlamentares e reajustou o valor pago pelo serviço.

Segundo a Folha de São Paulo, os veículos Renault Fluence usados nos últimos dois anos por 81 senadores estão dando lugar a modelos Nissa Sentra zero quilômetro. A troca ocorre a cada dois anos. A última foi em 2013.