Devido à crise no Brasil, lojas Marisa anunciam fim de vendas diretas

As Lojas Marisa encerraram suas vendas diretas por causa da crise, concentrando as atenções da empresa em negócios mais estáveis e maduros, reduzindo custos e contribuindo para a manutenção da marca num patamar de estabilidade. Estima-se que mais de 5 mil pessoas ficarão desempregadas com o encerramento das vendas diretas.

A rede de lojas Marisa possui forte atuação no comércio varejista de roupas, que já começou a sentir os efeitos da crise, com a queda crescente nas vendas, e dificuldades de negociação interna. Retração e crise nunca são momentos propícios ou bem vistos, contudo, se bem aproveitados pode ser sinônimo de lucro, ou ainda manutenção dos parâmetros normais.