Com medo de vaias, Dilma não fará discurso na abertura da Copa do Mundo


O Palácio do Planalto teme – e teme muito – a possibilidade de Dilma Rousseff ser vaiada amanhã no Itaquerão.A informação é de Lauro Jardim, no Radar Online. 

As precauções foram tomadas: Dilma não fará discurso, não deve aparecer no telão dentro do estádio e nem terá o seu nome anunciado para a plateia. Mas ainda assim resta o imponderável. Na Copa das Confederações, ano passado, Dilma não escapou das vaias.