Assembleia Legislativa aprova projeto e Robinson Faria vai receber 21 mil como governador e seu vice 17 mil


O projeto de lei que aumenta os vencimentos do governador, vice-governador e secretários de estado foi aprovado por maioria na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (17). O reajuste passa a valer a partir de 1º de janeiro e eleva para R$ 21.914,76 o salário do governador, R$ 17.531,80, do vice-governador, e R$ 14.080,09 dos secretários de estado. 

 Segundo o projeto, de autoria dos deputados Tomba Farias (PSB) e Raimundo Fernandes (PROS), o aumento visa a recomposição dos subsídios para compensar as perdas sofridas em face do processo inflacionário no período compreendido entre 1º de janeiro de 2003 e 1º de novembro de 2014.

Nélter Queiroz e Márcia Maia se abstiveram da votação e optaram por não se pronunciar. Já o deputado Fernando Mineiro, que votou contrário ao projeto, citou a atual situação financeira como justificativa para seu voto.