Furacão mais intenso já visto aniquilará cidades da América


Um grande furacão com proporções jamais observadas em todo o hemisfério está em evolução no Pacifico e atingirá a Costa Oeste do México dentro de algumas horas. Segundo o MetSul Meteorologia, os danos serão classificados como “potencialmente catastróficos”. O NOAA, que é a agência oficial de monitoramento meteorológico dos Estados Unidos, estima que o Furacão Patrícia tenha nesse exato momento ventos máximos atingindo 325 km/h, com algumas rajadas ultrapassando essa velocidade, o que jamais foi observado antes em um furacão no Hemisfério Ocidental.

Ainda, trata-se do furacão mais intenso da história (monitorada) no Pacífico Leste com pressão mínima central de somente 880 milibares (furacão Catarina no Sul do Brasil teve pressão mínima de 960 milibares). A região de Puerto Vallarta pode ser duramente afetada e na região onde Patrícia ingressar no México os danos devem ser devastadores com localidades aniquiladas. A tempestade, algumas horas atrás, ainda, era classificada como tropical, porém uma rápida evolução está surpreendendo os cientistas.