Rosalba e Micarla são apontadas como piores políticas da história do Rio Grande do Norte


Analistas da cena potiguar, apontam a ex-prefeita de Natal, Micarla de Souza, e a ex-governadora Rosalba Ciarlini, como as piores políticas da história do RN. As gestões político-administrativas geralmente deixam marcas que ficam vivas no imaginário da população por muitos anos. Às vezes, no entanto, as marcas deixadas pelos governantes não são as que a população esperava, o que provoca decepção, críticas e até impedimento de se continuar o mandato. O portal Agora RN ouviu especialistas em política para saber, na opinião deles, quais os piores políticos que o Rio Grande do Norte já teve na história recente do Estado.

Rosalba Ciarlini

Veio de Mossoró, de onde saiu com índices positivos de avaliação e uma administração reconhecida, mas não conseguiu repetir o feito como governadora do Rio Grande do Norte. Rosalba Ciarlini é apontada também pelos especialistas como uma das piores administrações que o Estado já teve, em seu governo que durou de 2010 até o ano passado.

Micarla

Em menos de um mandato, já que não conseguiu sequer completar os quatro anos à frente da Prefeitura do Natal. A ex-prefeita Micarla de Sousa deixou marcas profundas na cidade. Filha do ex-senador Carlos Alberto, Micarla não conseguiu arrebanhar o prestígio de seu pai na política e deixou a administração com altos índices de rejeição e com uma série de reclamações por parte da população natalense.

AgoraRN